Estou Grávida! E agora?

Este post devia ter saído há algum tempo, aliás junto com o vídeo que postei lá no meu Canal do YouTube, já se inscreveu?

É isso, estou a espera do Joaquim! Esse momento é cheio de mudanças e transformações, mas também é cheio de pequenas alegrias. Não vou ficar escrevendo muito, taca-lhe o play!

Não deixe de assinar o Canal e em breve volto com mais vídeos!

Curso de Encadernação Artesanal em Londrina – PR

curso_basico_promo_opy
É isso mesmo! Atendendo a muitos (muitos!!) pedidos resolvi abrir uma turma para um curso básico de encadernação aqui no meu novo ateliê que ainda está em reforma, mas já dá pra receber alguns alunos!

A ideia é que cada aluno saia daqui com 2 produtos: um álbum de fotos e um caderno de receitas, perfeitos para uso ou mesmo para presentear alguém especial.

Para se inscrever preencha o formulário no link: http://goo.gl/forms/VgL21UrPpr

Quem vai dar o curso?

Eu mesma!!! Pra você que não sabe quem sou eu, meu nome é Danieli Barbara, sou encadernadora formada pela ABER e há mais de 3 anos me dedico integralmente ao Lilou Estúdio e a minha paixão: encadernar.

Descrição

O curso é uma introdução à encadernação artesanal. Os alunos irão conhecer as ferramentas, técnicas e possibilidades que a encadernação manual oferece. Todos os participantes executarão 2 projetos:

– 1 Álbum de Fotos com Costura Longstitch, miolo com papel ColorPlus 180g e fechamento de fita.

– 1 Caderno de Receitas com Costura Copta, miolo pautado e fechamento com colher de madeira.

Todo material necessário para execução dos projetos está incluso no custo do curso.

Carga horária: 12 horas.

Vagas: 8

Data: 2 e 3 de maio de 2015

Horário: das 9 ás 17h (com intervalo de 2 horas para almoço)

Local:  O curso será realizado no centro de Londrina e você receberá o endereço ao confirmar a inscrição.

Valor: R$230,00
→ em até 12 parcela no cartão de crédito (com juros) – via Pagseguro
→ ou R$ 218,50 para pagamentos á vista – via Deposito Bancário.

Para se inscrever preencha o formulário no link: http://goo.gl/forms/VgL21UrPpr

Dúvidas? Envie um email para info@lilouestudio.com

Dê uma olhada no que você vai produzir:

curso_basico curso_basico-3curso_basico-4curso_basico-5curso_basico-6curso_basico-7curso_basico-8 curso_basico-9curso_basico-10

7 coisas que você precisa saber sobre Luxemburgo – Lilou Estúdio

Quem acompanhou um pouco da LilouTrip 2015 pelo Instagram ou pelo Facebook viu que eu fiquei apaixonada por Luxemburgo. Quer saber porquê? Assiste o vídeo:

E veja a minha lista:

1 – Ele é um “paísico” pequenino!

Luxemburgo é um dos menores países da Europa com apenas 2.586km2 e pouco mais de 500mil habitantes. Gente, Londrina tem mais que 500mil…. Eu adoro o fato dele ser tão pequeno, afinal  posso dizer que vi o país de cabo a rabo!

2 – Ele parece de contos de fada!

Vocês já sabem que eu sou enlouquecida com contos de fadas né? Agora imagine pegar o carro e rodar por estradinhas curvas, florestinhas, casinhas fofas e castelos! Só faltou eu cair no choro e olha que foi quase.

DCIM100GOPROG0160401. DCIM100GOPROG0370527. DCIM100GOPROG0380530. DCIM100GOPROG0400544. DCIM100GOPROG0430559.3 – E tem até castelo!

Hummm, mais de 50 para ser mais preciso! Existe uma lista dos principais castelos que podem ser visitados no site oficial de turismo de Luxemburgo. Eu fui no castelo de Vianden que é o mais visitado e parece com os castelos que vemos na ficção por ai.

DCIM100GOPROG0360525. IMG_20150228_105414785_HDR

4 – Luxemburgo é o único Grão-Ducado do mundo.

Isso significa que no lugar do rei, eles tem um Duque que assume o titulo de chefe de estado, mas assim como a Inglaterra a posição é mais “figurativa” do que efetiva já que quem “manda” mesmo é o primeiro Ministro. O Grão-Duque é o Henrique de Luxemburgo e ele é amado e adorado no país!

5 – A capital do País é pequena, linda e pacata!

A Cidade de Luxermburgo, capital do país, é extremamente bem cuidada e preservada. O País tem um dos maiores PIB do mundo, por isso espere ver um lugar extremamente limpo, bem cuidado e civilizado.

6- Muitos segredos a serem descobertos.

Cheia de vielas, ruas pequenas e segredos para serem descobertos é o destino perfeito pra quem gosta de história medieval. Você está caminhando de volta para o seu Hostel (aliás, lá só tem 1 …. isso mesmo 1 hostel) e é “obrigada” a passar por dentro de uma ruína medieval como se fosse a coisa mais normal do mundo.

IMG_20150227_133130156_HDR IMG_20150227_134543749_HDR

7 – Tem poucos turistas!

Quantas pessoas você conhece que já foram pra Luxemburgo? Eu só conhecia uma! Pois é, ainda pouco explorado por turistas brasileiros você pode ter a sensação de estar em um mundinho secreto só seu. Eu amo isso!

E ai? Ficou com vontade de ir pra Luxemburgo? Se algum dia for, me conta? 😉

Pra deixar vocês com mais vontade… as fotos lindas do maridis Yan Sorgi.

07 08 09 DCIM100GOPROG0100378.0610IMG_20150227_103628633_HDRIMG_20150227_132329528_HDR

O que tem na minha estante! BookShelf Tour

Atendendo a pedidos, no vídeo dessa semana eu mostro a minha estante de livros! Ficou curioso? Então dá um play!!!

A minha estante é bem simplinha, mas eu amo! O que vocês acham? Como é a estante de vocês?

5 coisas que toda viagem a Amsterdam deveria ter – LilouTrip

Cheguei de viagem há poucos dias e pensando sobre como ela foi incrível, decidi montar um mini-guia de coisas que não podem faltar na sua viagem a Amsterdam! Como essa foi a minha segunda vez lá, me sinto um pouco mais confortável em opinar.

1- Hospedagem em uma localização central.

Amsterdam é uma cidade relativamente pequena, todas as principais atrações estão há no máximo 20 min. de caminhada ou 10 min. de Tram, então se você se hospedar em um lugar central vai poder aproveitar muito mais a cidade. Na minha humilde opinião, os melhores locais são no cinturão de canais (os principais Herengracht, Keizersgracht e Prinsengracht) ou no Joordan (bairro cool da cidade), assim quando estiver voltando a noite tudo estará a uma distancia curta e você poderá apreciar uma maravilhosa caminhada noturna numa cidade linda e super segura.

000056

2 – Quantos Stroopwafels forem possíveis.

O StroopWafel é um quitute típicamente holandês que é feito com um wafel fininho recheado com caramelo quente que pode (ou não) ser coberto com chocolate (os tradicionalistas vão xingar!) e é a coisa mais maravilhosa já inventada no universo! Siga a minha dica do vídeo (logo ai embaixo), compre um fresquinho, saia caminhando e fingindo que é uma holandesa. Ah! não se esqueça de comprar alguns para comer quando voltar pra casa porque, vai por mim, você vai querer! E, vem cá, tem um segredinho… coloque o seu stroopwafel por 10 segundos no microondas antes de comer, assim o caramelo fica molinho e quentinho denovo.

3 – Comida de rua a vontade.

Tá indo pra Amsterdam com a grana curta e está com medo de passar fome? Não se preocupe! Você pode comer um croquete de carne maravilhoso, outro tipicamente holandês, na Febo por €1,60 (se for vegetariano também tem de queijo e de legumes). Mas fique atento, porque a máquina não devolve troco.  Curte comida oriental? A Wok to Walk vai encher a sua pancinha com um noddles quentinho a partir de €4,95! “Gosta de Batata?” Que tal uma batata frita da melhor qualidade e ainda com muitos molhos diferentes? Você compra por €2,95! E se tiver se sentindo ousado prove outra iguaria típica: o Haring. Um peixe cru curtido no vinagre que separa os fortes dos fracos, também a precinhos módicos.

Tem até vídeo para provar que eu fiz teste de campo:

4 – Cartão de Transporte Público para Tram

Em Amsterdam, o principal meio de transporte é a bicicleta, isso fica claro assim que você chega na cidade e aqui vai uma dica preciosa: tome muito cuidado para não ser atropelada por uma. Os holandeses pedalam no maior gás, afinal estão indo pro trabalho ou voltando do mercado como qualquer um de nós, por isso sempre olhe para todos os lados quando estiver caminhando e se prepare para sentir o ventinho na orelha toda vez que um tirar “uma fina” de você.

Mas se você não teve coragem de encarar a magrela, saiba que você tem uma opção maravilhosa: o bondinho! O quê? Bondinho? Isso mesmo, a maior parte do transporte público da cidade é feita por Tram, uma espécie de bonde moderno muito eficiente. Se for turista,você pode comprar cartões que permitem você usar o tram quantas vezes quiser num determinado período de tempo (1, 24 ou 48 horas) e você pode compra-los direto do cobrador, mas lembre-se de passar o cartão no leitor toda vez que entrar ou sair do tram, ok? Como diria a gravação dentro do Tram: “Please remember to checkout”.

DCIM100GOPROG0200790.Olha ai, 2 clássicos: Tram e uma loja da Febo!

5 – Uma caminhada sem rumo

Como já disse lá em cima, Amsterdam é pequena e, além disso, cheia de ruinhas, ruelas, becos e segredos! Como descobrir esses segredos? Se perca! Saia caminhando e se permitindo explorar cada pedacinho dessa cidade maravilhosa! Você vai topar com lojas incríveis, jardins secretos, restaurantes charmosos, casas deslumbrantes e pontes de outras épocas. Se permita, afinal, se você se perder pra valer pode pegar um tram (sentido Centraal Station) e chegar em um lugar familiar rapidamente! Ah! Peça informação, os locais estão acostumados com muitos turistas e sempre são solícitos, simpáticos e todos falam inglês (juro, nunca encontrei um que não falasse!)DCIM100GOPROG0250804.

Acho que é isso! Eu amo Amsterdam com todo o meu coração e quem sabe um dia passo mais do que alguns dias lá!

1 2 3 24