Posts Tagged ‘Grimoire’

Mas e o couro? Ecológico ou Legítimo?

couros_post 004 copyRecebo muitos emails com dúvidas sobre os couros que usamos na confecção dos nossos produtos, por isso decidi escrever esse post para sanar as dúvidas e esclarecer qual é a posição do Lilou Estúdio com relação ao uso de couro animal e a responsabilidade ambiental.

A principal dúvida que recebemos é se o couro que usamos é “ecológico” (vou falar um pouco mais sobre ele abaixo) ou de origem animal. Usamos o couro de origem animal. Sim, estamos cientes de que diversos grupos ambientalistas e de direitos dos animais condenam o uso do couro animal, compreendemos e respeitamos a posição de todos.

Como recurso para fazermos a nossa parte na preservação do meio ambiente e diminuir a produção de novos insumos optamos por somente utilizar couro que é descartado pela indústria. Explico, as grandes industrias calçadistas e de vestuário utilizam grandes quantidades de matéria-prima (o couro) na produção dos seus itens e onde se utilizam grandes volumes sempre tem grandes descartes. Algumas empresas se especializaram na compra e revenda desse material que em muitos casos são peças de tamanho considerável ou até peles inteiras com pequenos defeitos que são mais que suficientes para a produção de cadernos e é numa dessas empresas que eu adquiro o nosso couro.

Aliás é por isso que dificilmente consigo reproduzir o mesmo sketchbook ou grimório mais que 2 vezes. O que não nos incomoda nenhum pouco, afinal cada cliente tem um peça (quase) exclusiva e nós estamos sempre renovando os produtos!

couros_post 012 copy

Aí sempre vem aquela pergunta, mas porque você não usa “couro ecológico”? Primeiro precisamos estabelecer uma coisa: o couro que aquela vendedora do shopping te apresentou como “couro ecológico” não é couro e sim um tecido coberto com uma camada de PVC ou PU (poliuretano), ambos derivados do petróleo, por isso nem tão ecológico assim. Esse é só um ponto mas o real motivo por não usarmos esse tipo de material é a durabilidade.  UPDATE: O Couro legítimo se bem cuidado pode durar muitas décadas (e talvez até uns séculos! Temos exemplos vários livros antigos preservados!)

Produzimos itens para serem eternos, afinal as lembranças, pensamentos, desenhos e sonhos das pessoas estarão registrados nos nossos cadernos, grimórios e sketchs e eles não podem simplesmente se desfazer em suas mãos, né?

Mas o “couro ecológico” dura quanto tempo? Eu não sou nenhuma especialista, mas as peças de vestuário que eu tenho com esse material (sim, gente, sou igual todo mundo e já comprei uma jaqueta de PU) começaram a esfarelar em média depois de 3 anos. Tirei uma foto de uma jaqueta que comprei em 2010 e dá pra ver o “couro” se desfazendo.

couros_post 020

Compramos uma jaqueta de nylon para o meu marido na nossa lua de mel que tinha alguns detalhes em “couro ecológico” e realmente tinha, porque no lugar dos detalhes ficaram apenas a base de tecido do “couro”.

UPDATE: Existe uma modalidade de “couro sintético” que é desenvolvido para revestimento de livros que se bem aplicado e usado como revestimento de livros de capa-dura tem uma ótima durabilidade e acabamentos excelentes, como bem disse o Pablo num comentário abaixo. 

É isso gente. Não queremos convencer ninguém a começar a consumir itens em couro e sim expor o motivos pelos quais o Lilou Estúdio só utiliza couro legítimo.

Se você discorda da gente, por favor, deixe a sua opinião nos comentários.

Paixão declarada: Grimórios

Como encadernadora é essencial conhecer e estudar os livros, suas origens, usos e segredos. Sempre me fascinaram os Grimórios ou Livros da Sombras (que só tinham esse nome porque tinham que ser escondidos, não por conter escritas malignas) e desde que fiz o primeiro Grimoire Lilou Estúdio no Halloween do ano passado e o Grande Grimório para um cliente fiquei com vontade de criar uma nova versão.

Ai está: O NOVO GRIMÓRIO LILOU ESTÚDIO!

Queria um que não fosse tão grande e pesado como o Grande Grimório, mas tivesse o fecho para o cadeado e uma costura exposta bonita. Fiquei satisfeita com o resultado: ele tem capa revestida em couro bovino, fecho para cadeado,  148 páginas de papel pólen 90gs (ideal para escrever e desenhar) e a costura é um tipo de Códex com Copta sobre a tira de couro.

O que acharam?

Esse item está a venda na nossa loja vitual nesse link.

Projeto: Grimório

UPDATE: Não estamos mais produzindo esse Grimório, mas se quiser ver as opções disponíveis acesse: http://shop.lilouestudio.com/category/105148/grimorio

Vocês devem ter percebido que estou um pouco sumida, né?

Eu estava viajando e pesquisando novos materiais e ideias. Passei por Minas e São Paulo e logo, logo vocês vão começar a ver as novidades que estou preparando!

Hoje, vou mostrar o maior projeto que já fiz (literalmente!): um Grimório de 500 folhas!

Quem me acompanha no instagram (@lilouestudio) e no Facebook viu a foto da costura do miolo e muita gente ficou curiosa para saber o resultado final. A costura que usei foi a de restauro; a mesma usada nos livros clássicos. Tenho poucas chances de usar esse estilo que eu aprendi em um curso que fiz há alguns anos, onde conheci gente muito bacana como a Monica Colocci (conhece? Não? Então acesse: http://www.pchic.com.br/).

Fiz também auto relevo na capa que foi revestida de couro legítimo e finalizada com dobradiças de ferro e fechadura para cadeado. O papel usado para o miolo foi um marfim 80grs, que vai ficar ainda mais lindo quando envelhecer. Agora as fotos!

O que acharam?

Esse Grimório é produzido apenas sob encomenda! Então se tiver interesse me envie um email no info@lilouestudio.com

UPDATE: Não estamos mais produzindo esse Grimório, mas se quiser ver as opções disponíveis acesse: http://shop.lilouestudio.com/category/105148/grimorio

1 2